EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA AS COORDENAÇÕES ESTADUAIS/DISTRITAL DA ABRAFH.

em

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FAMÍLIAS HOMOTRANSAFETIVAS – ABRAFH

Estão abertas as inscrições para candidatura às Coordenações Estaduais/Distrital da ABRAFH. Acesso o formulário de inscrição em

O período das inscrições é de 19/05/2022 a 19/06/2022

Sobre a Associação Brasileira de Famílias Homotransafetivas – Abrafh

A Abrafh tem como finalidade fundamental defender os interesses morais e materiais das famílias LGBTI+, mono ou poliafetivas, em qualquer composição designada por quaisquer de seus membros, sejam crianças, adolescentes, adultos ou idosos. A Abrafh entende família LGBTI+ como toda aquela que conte com ao menos um membro LGBTI+.

A Abrafh apoia todas as configurações familiares, as reconhecendo como entidades familiares, núcleos de conjugalidade e parentalidade, independente de vínculos biológicos, e unidos por laços afetivos e mantendo entre si relação solidária.

A Abrafh é uma organização laica e suprapartidária (podendo seus associados/as serem pluripartidários/as), isenta de quaisquer preconceitos ou discriminações relativas à nacionalidade cor, raça, credo religioso, classe social, concepção filosófica, orientação sexual, expressão ou identidade de gênero, conformação biológica, tanto em suas atividades quanto em suas dependências e em seu quadro social. A Abrafh é destituída de quaisquer vinculações de natureza político-partidária ou religiosa.

Para conhecer mais sobre a Abrafh, clique neste link http://www.abrafh.org.br/

Sobre as Inscrições para as Coordenações Estaduais/Distrital da Abrafh

As Coordenações podem ser compostas de no mínimo uma pessoa e de no máximo cinco, tendo uma Coordenadora Titular, 1º Adjunto, 2º Adjunto, 3º Adjunto até o 4º Adjunto.

As pessoas que atualmente são das Coordenações Regionais podem passar a ser da Coordenação de seus respectivas unidades da federação, se assim quiserem.

Em função da demanda, incentivamos a candidatura de pessoas com atuação na área jurídica, psicológica ou de assistência social, porém estes não são requisitos para fazer parte das Coordenações.

Incentivamos também a candidatura de pessoas afrodescendentes, indígenas, idosas, mulheres, pessoas com deficiência, pessoas com HIV/aids, e demais particularidades, além de pessoas das mais diversas orientações sexuais e identidades de gênero.

Todo o trabalho das Coordenações será pro bono.

O que precisa fazer para fazer sua inscrição:

1) Para se candidatar à coordenação estadual, você precisa estar afiliado/a à Abrafh. Se você ainda não se afiliou, clique neste link e se afilie: http://abrafh.org.br/PreInscricao.html

2) Para preencher o formulário de inscrição on-line, você precisa estar com sua conta de gmail aberta.

3) Tenha pronta uma breve biografia sua de até 10 linhas, inclusive com informações sobre sua atuação em prol das famílias LGBTI+, para incluir na sua inscrição.

4) Tenha disponível uma foto sua para subir na hora que você fizer sua inscrição (para subir a foto, você precisa estar com sua conta de gmail aberta).

Tanto a biografia quanto a foto serão incluídas no documento oficial da Abrafh de nomeação da Coordenação.

Faça sua inscrição aqui: https://bit.ly/3MueBQb

Seleção e Nomeação

Encerrado o período de inscrições, a Diretoria fará análise, seleção e nomeação oficial das Coordenações.

Algumas sugestões e orientações para a atuação das Coordenações

Identificar e mobilizar pessoas em seu estado que possam formar Coordenações Municipais da Abrafh (após a nomeação das Coordenações Estaduais, será aberto edital e inscrição de candidaturas às Coordenações Municipais.

Fazer advocacy, accountability e litigância estratégica a favor das famílias homotransafetivas.

Incentivar as adoções legais e necessárias (tardias) (Fazer parcerias com grupos de apoio à adoção já existentes).

Fazer controle social em todos os níveis e espaços de interesse das famílias homotransafetivas.

Realizar eventos: ex. seminários estaduais e distritais.

Fazer eventos de socialização das famílias homotransafetivas: piqueniques; jantares; entre outros.

Estabelecer parcerias com outras redes, ONGs e instituições

Acompanhar e proporcionar apoiar jurídico, psicológico e social às famílias homotransafetivas, dentro das possibilidades da Coordenação.

19 de maio de 2022

Toni Reis
Presidente da Associação Brasileira de Famílias Homotransafetivas
41 99602 8906

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s